Home office em tempos de COVID-19: saiba como manter a produtividade trabalhando em casa

A mensagem é clara: precisamos ficar em casa! O cenário de pandemia causado pelo novo coronavírus (Covid-19) já mudou - e vai seguir mudando - a rotina de muitas empresas. As que ainda precisam continuar operando devem adotar todas as medidas possíveis para conter a transmissão. As que podem operar em home office, como nós da LPA, já estão liberando seus funcionários para ficarem em casa. 

E especialmente para quem não está acostumado ao home office, adotar medidas para manter a produtividade pode ser a chave para atravessar o momento sem perder os prazos e impactar os resultados dos seus projetos. Pensando nisso, preparamos um guia para que o seu expediente em casa seja mais produtivo - e prazeroso! Veja as nossas dicas:

Privacidade em primeiro lugar
Com toda a família em casa, manter o foco no trabalho pode ser um dos maiores - senão o maior - desafio a ser vencido no home office. Trabalhar na sala de estar, na cozinha, na sala de jantar ou em qualquer cômodo aberto certamente será mais contraprodutivo que escolher o seu próprio quarto, caso não tenha um espaço para adaptar um escritório em casa. 

Mas nunca sem luz
A iluminação no ambiente de trabalho é um dos fatores que afetam a nossa produtividade, a nossa saúde e até a nossa felicidade. É o que confirma um estudo publicado no Journal of Clinical Sleep Medicine, que também aponta que colaboradores que desfrutam de mais luz - especialmente a natural - durante o dia têm maior probabilidade de manterem o bom humor. 

Então, na hora de escolher onde posicionar a sua estação de trabalho, prefira ambientes com uma boa incidência de luz natural. À noite, evite a luz direta e forte demais. E sempre prefira posicionar o seu computador ou notebook contra a luz, para não criar reflexos nas telas. 

Ergonomia em foco
Quem fica sentado por longos períodos não perde em investir em uma boa cadeira. Modelos confortáveis, com boas rodas, braços e altura reguláveis são a melhor opção. 

É importante também que a mesa esteja corretamente posicionada, assegurando uma postura ereta. Além disso, ela deve ter a altura certa para que a sua cadeira entre por debaixo dela, e seus braços encontrem o apoio necessário para trabalhar durante o dia. 

Na hora de posicionar a sua tela, garanta que ela esteja nas linhas dos seus olhos e, se for preciso, utilize bases seguras para elevá-la. Caso utilize um notebook, a dica é posicioná-lo em elevação, na linha dos olhos, sem aproximá-lo ou afastá-lo muito do alcance das nossas vistas, adaptando um teclado e um mouse na máquina.

Tudo em mãos - e sob controle
Organize o seu espaço para que você tenha tudo em mãos: da garrafa d’água ao bloco de notas. Assim, você evita se deslocar a todo o momento e poderá investir nas pausas para realmente desligar e aliviar a pressão do trabalho. Quadros de aviso e post-its também são uma boa alternativa para não deixar aquele detalhe ou prazo importante passar em branco. 

Seu tempo importa
Separar a rotina de trabalho da rotina pessoal é de suma importância para manter a produtividade em dia. Por isso, procure acordar em seu horário habitual e siga a sua rotina em casa. Tire o pijama e use o seu tempo livre para fazer exercícios, ler, ouvir música, falar com os amigos e familiares, meditar ou focar em qualquer atividade de interesse pessoal.   

Planeje também seus horários de trabalho e de descanso, e invista nos exercícios para relaxar a mente e o corpo. Manter uma dieta equilibrada também é de suma importância para manter a imunidade em dia. 

Caminho sem volta
Em tempos de pandemia, estamos sendo convocados a questionar velhos hábitos. Trabalhar em casa, mesmo que involuntariamente, não causará danos irreparáveis ​​à sua carreira ou capacidade de contribuir para a sua equipe. Pelo contrário: com uma boa gestão, as práticas podem trazer benefícios tangíveis aos resultados das empresas, como com a diminuição de custos de aluguel e luz, e também à saúde, bem-estar e produtividade dos colaboradores. 

Foto: divulgação Pexels/Pixabay