Pavilhão de Singapura na Expo 2020 explora coexistência entre arquitetura e natureza

Um olhar cuidadoso, empático e humano é capaz de admitir que mesmo em tempos de revolução tecnológica, a natureza tem muito a ensinar. Joões-de-barro que o digam: estão aí para mostrar que flora, fauna e arquitetura coexistem – ou que a natureza é quem empresta seus saberes à arte.

Essa foi a inspiração da WOHA para projetar o Pavilhão de Singapura para a Expo Dubai 2020, sob o tema “Nature, Nurture, Future”. Visto de fora, o desenho é uma alusão clara às casas de árvore, sem deixar a visão futurista de lado.

Reafirmado por uma estrutura mínima com fachadas em vidro, dentro e fora se fundem para uma experiência que, segundo os autores, tem o objetivo de demonstrar “a história de Singapura de superar seus limites físicos como uma pequena cidade-estado insular e se adaptar para se tornar uma cidade altamente habitável e sustentável.”

Projetado com sistemas de energia solar e disseminação solar para emitir zero consumo durante o período de instalação na expo, o pavilhão é liderado pela Urban Redevelopment Authority e produzido pela Radius Experiential International.

Um futuro possível
Sob o tema “Connecting Minds, Creating the Future”, a Expo 2020 aposta no poder da conectividade para criar espaços com soluções pensadas em empatia, colaboração, tecnologia e preservação do meio ambiente.

No pavilhão “Opportunity”, projetado por Cox Architecture, os visitantes são levados a pensar sobre como estimular a mudança em suas próprias comunidades com um espaço feito de materiais orgânicos como madeira, 2,5 toneladas de pedra e 111 km de corda trançada.

No distrito “Mobility”, a tecnologia, os dados e a inteligência artificial criam uma viagem no tempo – da maior plataforma elevatória do mundo às cidades do amanhã -, traçando um histórico sobre como pessoas, bens, ideias e dados se movem para criar novas fronteiras e possibilidades para as cidades inteligentes. O projeto é de Foster + Partners.

No pavilhão “Sustainability”, criado pelo Grimshaw Architects, os visitantes são estimulados a pensar sobre como a sustentabilidade ainda pode ajudar a promover um planeta possível para as gerações futuras, criando novos caminhos com a ajuda de inovação.

A Expo 2020 é a primeira feira mundial a ser realizada na região do Oriente Médio. Serão 173 dias de atividades entre 20 de outubro de 2020 e 10 de abril de 2021 com a colaboração entre 192 países participantes. 
 
Imagens: divulgação/Singapore Pavilion